• 12-meses-para-enriquecer-marcos-silvestre-small1
  • investimentos-a-prova-de-crise-marcos-silvestre-small
  • financas-pessoais-small
Assine nossa newsletter Assine nossa news

X

Ao comprar imóvel na planta, fique atento à correção do INCC

Criado por Marcos Silvestre em Dicas financeiras em 28/05/2012

 

No caso da compra de um imóvel na planta, além do valor da parcela, também deve ser objeto de atenção do comprador o saldo a financiar quando da entrega das chaves. Aqui vai o alerta: você não pode traçar um planejamento financeiro para a quitação do seu imóvel, olhando a parcela mensal e o saldo a financiar apenas conforme seu valor na data de aquisição do imóvel!

Isso porque, durante o período da construção, todas as parcelas ainda não pagas sofrerão a correção do INCC – Índice Nacional da Construção Civil, que retrata a inflação no setor de construção de imóveis. Isto também acontecerá com o saldo. É justo a construtora cobrar esse reajuste: se os preços dos materiais e mão de obra subirem durante a construção, ela irá pagar mais caro por eles.

O que o comprador deve fazer, então, é projetar direitinho o valor que a parcela e o saldo a financiar terão até a entrega das chaves. Nos últimos dez anos, o INCC ficou em uma média de 0,69% ao mês.  Supondo que nos próximos anos a coisa seja parecida, os cálculos de matemática financeira indicam que uma parcela que comece, digamos, com valor de R$ 1 mil, estará em R$ 1.280 daí a três anos.

Isso dá um aumento acumulado de 28% em apenas três anos, o que também impacta negativamente o saldo a financiar: se era de R$ 100 mil com o imóvel na planta, por exemplo, será de R$ 128 mil na entrega das chaves. Isso, fora os juros do financiamento, que começarão a incidir a partir deste ponto.

De posse dessa informação, planeje-se corretamente para estes valores todos caberem adequadamente no seu bolso. Essa é a melhor forma de garantir que o sonho da casa própria não vá se transformar em tristes saudades dos tempos de aluguel… o que seria um grande um grande retrocesso para sua qualidade de vida!

Adaptação para a web: Letícia Castro.
Imagens: Scootz

marcos-silvestre-blog
Marcos Silvestre Economista, educador financeiro e autor de guias utilitários sobre finanças pessoais, realiza seu trabalho com a missão de levar soluções simples e práticas para os problemas e desafios financeiros das famílias brasileiras e seus negócios próprios. Ver perfil